24/10/2015

O puro-sangue do senhor Delfim

O senhor Delfim Costa tem 63 anos. Este economista de olho azulado e bigode farfalhudo tem um cavalo numa das boxes, assim chamadas estas cavalariças individuais, no hipódromo do Campo Grande. O seu cavalo, um puro-sangue Lusitano, tem 14 anos, e chama-se Útil. Tem um pelo castanho avermelhado, muito luzidio, uma crina desembaraçada e uma mancha branca no focinho acarneirado. "Os cavalos não nasceram para levar com pessoas em cima, a gente é que os obriga."

(Desenhos feitos para o curso de jornalismo e desenho, com a Alexandra Prado Coelho e o Eduardo Salavisa.)

Mr. Delfim Costa is 63 years old. This economist with blue eyes and bushy mustache has a horse in one of the boxes, these so-called individual stables, in the Hippodrome Campo Grande. His horse, a thoroughbred Lusitano, is 14 years old, and is called Útil (Usefull). It has a reddish-brown fur, very sleek, one unencumbered mane and a white patch on the muzzle. "Horses were not born to have people on top, we are the ones forcing them."

(Drawings made for the journalism and drawing course, with Alexandra Prado Coelho and Eduardo Salavisa.)


21/10/2015

Museu de Marinha

1ª Divisão da Brigada Real de Marinha | 1st Division of the Royal Navy Brigade



15/10/2015

Pavilhão Carlos Lopes

Um edifício extraordinário no centro de Lisboa, a cair em pedaços. | A great building in Lisbon city centre, almost in ruins...
http://sicnoticias.sapo.pt/programas/abandonados/2014-03-10-pavilhao-carlos-lopes-em-lisboa-esta-fechado-ha-mais-de-10-anos



14/10/2015

O pós-assembleia

Ao jantar, depois da primeira Assembleia Geral da Associação USKP.
At dinner, after the first Main Assembly of USKP Association.


13/10/2015

A minha tia Bineca

Neste Domingo voltei a desenhar a minha tia Bineca. É seguramente uma das pessoas da minha família de quem eu gosto mais, talvez por ter feito parte de quase todas as minhas memórias de infância, na casa dos meus avós.
Enquanto fazia este desenho, ela lia entretida uma reportagem na revista do Público, sobre dois pares de gémeos Colombianos que foram trocados à nascença. Ria de quando em vez, feliz pela história que estava a ler. Riu que nem uma perdida quando viu o desenho depois de terminado. 
Acho que a fiz rosadinha demais, e ainda bem.

Já tinha publicado um desenho da minha tia Bineca, sentada no mesmo sofá verde, na altura em que não desenhava caras. Esse desenho pode ser visto AQUI.

This Sunday I draw again my Aunt Binecxa. It is certainly one of the people in my family who I love more, perhaps for having been part of almost all my childhood memories in my grandparents' house.
While I draw, she was reading  a report in Publico  magazine, about two pairs of Colombian twins who were switched at birth. She laugh from time to time, happy for the story she was reading. He laughed  a lost when he saw the drawing after it was finished.
I think I did her too rosy, and I´m happy for that.

I had published already a drawing of my Aunt Bineca, seated in the same green sofa, at that time I did not draw faces. That drawing can be seen HERE.



11/10/2015

O Aquário

João Carracedo, encenando "O Aquário", um Texto de Karl Valentin. Ao meu lado, a Mónia Abreu, que fez a sua estreia no Desenho Cru.

João Carracedo, acting out "O Aquário", a Karl Valentin text. Right next to me, Mónia Abreu, in her first time at Desenho Cru.


07/10/2015

Poesia em cadernos

Existem diferentes utilizações para cadernos de capa dura e formato meio portátil. Nós fazemos desenhos, mas há quem faça poesia, num modo "à capela". Na última sessão do DESENHO CRU, ouvimos a Joana Santiago e o João Adrega, que leram poemas de sua autoria. Neste serão aborreci-me de desenhar roupa nas pessoas, e como não quis que o rapaz aparecesse todo nu, desmaterializei-o, aparecendo apenas e só aquilo que é corpo humano: carne e osso, e umas pulseiras amiúde...

There are different uses for plain paper books with an half portable format. We draw, but some people write poetry, in a way "à capela" In the last session of the DESENHO CRU, we heard Joana Santiago and João Adrega, reading poetry from themselves. In this evening I was bored drawing clothes on the people, and because I din´t want him to be naked in my sketchbook, I dematerialize it, appearing only  what is human body: the flesh and bone, and some bracelets ...



02/10/2015

Aniversários

No dia 29 de Setembro comemorei vários aniversários. O 14º do meu casamento e o 9º do meu filho Manel, que por teimosia decidiu repetir uma data já transformada em efeméride. 
Desenhei no meu caderno um pouco do que aconteceu neste serão: o Manel a brincar com o seu presente de aniversário, um lego do Ninjago, o Vasco a tentar a sua sorte na brincadeira e depois a comer melão cortado aos bocadinhos, e, já mais tarde, uma selfie com a Susana a meu lado, entretida com uma nova temporada de uma das suas séries predilectas. Por entre um pé dormente e já meio ensonado, escrevi coisas que gostava de ter desenhado nesses dois dias, os dos aniversários.

On September 29th, I celebrated several birthdays. The 14th of my marriage and my son Manel 9th, which stubbornly decided to repeat a date already turned into ephemerid.
I drew in my sketchbook part of what happened in this evening: Manel playing with his birthday gift, a Ninjago lego, Vasco trying his luck in the play while later ate melon cut into small pieces, and longer in the night a selfie with Susana beside me, entertained with the new season of one of her favourite series. Through a dormant foot and already half sleepy, I wrote things that I like to have drawn on these two days, the ones from the birthdays.