26/05/2016

Marvão IV - o almoço

Almoçámos no restaurante Varandas do Alentejo, espalhados por várias mesas. Fiquei sentado numa das redondas, radiante pela companhia. Comemos carnes mistas grelhadas com migas, e bebemos vinho tinto a jarro. Comecei pelo Pedro Cabral, à minha esquerda, e fui por ali fora, despreocupado pela escala dos desenhos, ainda sem saber que o Luís Ançã não ia caber.
Mas podia lá eu deixar de colocar nesta cena o Luís? Nem que o desenhasse deitado em cima da mesa bordô, ou espalmado num canto de papel que tivesse sobrado. Em boa hora o fiz, que daí a nada começava a estória da sopa de favas, uma comida leve para o jantar.
Esta é mesmo a minha praia, seja em Marvão seja na Antárctida, gosto mesmo de desenhar pessoas...

We had lunch in the Varandas do Alentejo restaurant, spread over several tables. I sat in one of the round ones, overjoyed by the company. We ate grilled meat mixed with migas, and drank red wine in a jug. I started by Pedro Cabral, on my left, and went on out there, unconcerned by the scale of the drawings, still unaware that Luis Ançã would not fit.
But it was impossible not to put Luís in this scene. Laied down on the table, or stretched on the remaining paper that I had left over. In good time I did it, in the next minute he started  the story of beans soup, a light food for dinner.
This is really my thing, either in Marvão or in Antarctica, what I like to do is draw people ...


3 comentários:

  1. Ficámos todos, Pedro!Em particular o Luis Ançã, que foi promovido a gnomo! Adoro este desenho:)

    ResponderEliminar