26/04/2017

Maria Celeste

Desenhei várias vezes a Maria Celeste, mas ao meu jeito desengonçado, nunca lhe consegui captar verdadeiramente a alma e o entusiasmo. Esses predicados estão todinhos nesta foto, tirada à chegada a Manchester em Julho passado. Ainda hoje me espanta de onde vinha toda aquela energia. 
Gostava muito dela e fiquei muito triste com a notícia do seu falecimento.
Celeste: um beijinho e obrigado!



2 comentários:

  1. Energia sempre surpreendente a da Maria Celeste! Bela foto! :D

    ResponderEliminar
  2. Bela foto! Mostra bem a alegria que tinha sempre.

    ResponderEliminar